Seguidores

Meus vídeos no You Tube

Loading...

Agenda

Disponível no meu site: www.helenaraquel.com
Faça-nos uma visita e conheça nossa agenda!

Oração a Chave da Vitória


sábado, 30 de abril de 2011

30 Dias de Oração

A paz do Senhor Remidos e Eleitos do Senhor.
Iniciamos hoje nas Assembléias de Deus no Brasil um grande mover de interseção e clamor: 30 dias de oração pelo nosso Centenário. Na manhã de hoje a ADVIP ingressou nessa grande fileira.
O nosso objetivo não é apenas orarmos pelas comemorações do Centenário, mas para que Deus faça um grande mover no Ano do Centenário. Queremos apresentar milhares de almas salvas ao Senhor Jesus, esperamos que Jesus batize os crentes assembleianos com o Espírito Santo. Vamos clamar pela unidade da nossa igreja, para que nossa liderança seja fortalecida e que possamos experimentar um avivamento genuíno. Nosso desejo é que cada assembleiano tenha no Ano do Centenário uma profunda experiência com Deus.
Durante esta semana estaremos orando no nosso templo diariamente às 21h30min. Teremos uma hora de culto de oração e dentro deste tempo quinze minutos de pregação da Palavra. Faça o possível para estar conosco e quando isso não for possível separe esse momento de oração onde você estiver.
Somos dez milhões de assembleianos vivendo um momento histórico que jamais de repetirá.
Você faz parte dessa História. Eu não vou deixar passar em branco. E você?
Miss.Helena Raquel
Uma assembleiana que Deus abençoou.

domingo, 17 de abril de 2011

Páscoa

Amados no próximo domingo nós viveremos um dia muito especial, celebraremos a Páscoa, a festa da Libertação e da Ressurreição. Unido a isso estaremos realizando o Culto da Família e essa será para nossa igreja uma grande oportunidade de celebração e comunhão. Gosto da Páscoa porque gosto de festas, gosto da Páscoa porque ela me traz valores eternos que eu preciso e devo conservar. Naturalmente comemoraremos com alguns elementos da nossa cultura como chocolate, laços coloridos e até o “discutido” coelho que por sinal foi Deus quem criou. Sinceramente não vejo problemas nisso, mas lamento que para alguns seja apenas isso, e não é. A Páscoa deve ser celebrada com a devoção e comprometimento necessário a um verdadeiro cristão, com a gratidão presente em uma vida que foi libertada do “Egito” e ressuscitada com Cristo. Vamos cantar louvores, ofertas presentes ao grande Homenageado, ouvir sua santa Palavra e adorá-lo com os nossos irmãos. Inclua o Culto de domingo, o Culto da Família em seu programa de Páscoa. Convide sua família, fale com eles o quanto é importante que a Páscoa seja comemorada assim. Jesus é a nossa Páscoa! Beijos aos que amo no Senhor. Miss.Helena Raquel Um ministério que Deus abençoou.

sexta-feira, 8 de abril de 2011

Lágrimas.

Estava voltando de Cabo Frio ouvindo o Debate 93 quando de repente ouvi sobre um acontecimento envolvendo tiros em uma escola. No principio eu imaginei ser um acidente envolvendo algum aluno que houvesse levado uma arma de fogo ao colégio ou até mesmo uma briga, mas não demorou muitos minutos para que eu entendesse o que de fato havia acontecido. Chorei. Uma chacina na Escola Municipal Tasso da Silveira, Realengo. Crianças foram brutalmente assassinadas, muitas feridas e tantas outras marcadas pelo desespero e pela dor. O Rio de Janeiro chora mais uma vez como chorou com a Região Serrana e entendo que dessa vez o chorar é ainda mais angustiante não pelos números, mas pela brevidade da vida, pelo inédito que bate as portas da sociedade brasileira. Oremos, oremos e oremos. Fizemos uma modesta campanha para ajudar Região Serrana, mas agora o que fazer? Roupas, alimentos, brinquedos... Sei que não é o mais importante agora, talvez ele nem precisem destas coisas. Se existe algo que precisa ser feito com urgência não é em relação às vitimas, mas em relação aos muitos “Welligton Menezes de Oliveira” que existem em nossa sociedade. “Ele” pode ser nosso vizinho, membro de nossa família, colega de trabalho... Igreja Viva por amor nós vamos evangelizar, pregar, díscipular, consolidar e viabilizar a pregação do Evangelho. O Evangelho pode curar antigas feridas, equilibrar o homem, restaurar o sentido da família para que seus doentes mentais não sejam abandonados.
Chorei. Chorei, mas fui despertada, tocada.
“E não vos conformeis com este mundo...” Rm 12:2a
Em amor.
Miss.Helena Raquel Uma “Raquel” que esta semana também chorou seus filhos.

sábado, 26 de março de 2011

A consciência crítico política no período dos Reis de Israel.


"Ouçam, vocês que são chefes de Jacó, governantes da nação de Israel
"Vocês deveriam conhecer a justiça! Mas odeiam o bem e amam o mal; arrancam a pele do meu povo e a carne dos seus ossos. Aqueles que comem a car
ne do meu povo arrancam a sua pele, despedaçam os seus ossos e os cortam como se fossem carne na panela, um dia clamarão ao Senhor, mas ele não lhes responderá. Naquele tempo ele esconderá deles o rosto por causa do mal que eles têm feito."

Com as palavras acima o profeta Miquéias profetizou o juízo sobre os governantes de Israel e predisse o Cativeiro.
A voz profética era responsável por comunicar as verdades de Deus ao povo, denunciar os erros, propor o arrependimento e em alguns casos anunciar o juízo. Observando as mensagens proféticas contidas no Antigo testamento, sobre tudo as que se deram nos dias dos reis de Israel encontramos da parte dos profetas um discurso direto, firme. Há um dedo erguido em direção aos poderosos e uma voz segura que ecoa em defesa do povo, dos pobres, dos servos...
O Profeta não é um ser que vive em um mundo isolado, mas ao contrário ele é integrante de uma sociedade e se reconhece como responsável por estabelecer a justa medida nela. Ele é o partido de oposição, ele é a oposição, mas não a faz de modo cego ou meramente instintivo, ele o faz de forma centrada, justa e fundamentada no querer de Deus para a sua nação.
Profetas de Deus em exercício jamais de tornariam amigos dos reis. O primeiro deles Samuel embora extremamente respeitado por Saul ainda que tivesse que confrontá-lo algumas vezes em seus devaneios e rebeliões. João o último dos profetas perdeu a cabeça por não concordar e denunciar o adultério de Herodes.
Críticas religiosa e políticas raramente são acatadas pelo governo, os poderosos desejam ardentemente por um profeta que concorde, aprove ou silencie-se.
Quando um profeta fala de coisas concernentes a fé, ao culto, ao céu, aos anjos ou aos demônios ele parece gravitar em seu campo de domínio, mas quando o seu discurso ganha um tom político social habitualmente ele é rejeitado. A quem acredite ser impossível que um homem que fala em nome de Deus, fale do social, do material, do tangível. Mas a verdade é que a mensagem profética é sempre atual, ela fala do que a sociedade fala, mas não fala como ela. Um profeta de Deus está habilitado a exercer sua consciência política.
O profeta Isaías cônscio de sua missão falava duramente contra a corrupção em seu tempo. Observe: "Ai dos que são campeões em beber vinho e mestres em misturar bebidas, dos que por suborno absolvêem o culpado, mas negam justiça ao inocente!" Is 5:22,23. Após a denuncia o profeta emite o juízo: "Por isso, assim como a palha é consumida pelo fogo e o restolho é devorado pelas chamas, assim também as suas raízes apodrecerão e as suas flores, como pó, serão levadas pelo vento...". Outro problema político-social desperta e inquieta Isaías, é a concentração de renda. Ele vaticina: " Ai de vocês que adquirem casas e mais casas, propriedades e mais propriedades, até não haver mais lugar para ninguém vocês se tornarem os senhores absolutos da terra!"(Is 5:8).
O que Isaías profetizaria se vivesse em nossos dias? Em seus dias nem os legisladores escaparam do seu "dedo" profético, quanto aos legisladores ele predisse assim: "Ai daqueles que fazem leis injustas, que escrevem decretos opressores, para privar os pobres dos seus direitos e da justiça os oprimidos do meu povo, fazendo das viúvas sua presa e roubando dos órfãos!" (Is 10:1). Essa posição profética adotada por Isaías, Miquéias e tantos outros infelizmente não era um panorama geral. Havia quem se calasse e omitindo-se gozava dos privilegio da realeza. Observe o que diz o profeta Oséias: "No dia da festa do nosso rei os líderes são inflamados pelo vinho, e o rei dá as mãos aos zombadores." ( Os 7:5 ). Para vergonha deles.
Miss Helena Raquel,
Um Ministério que Deus Abençoou!

Missões Portas Abertas

Deus Sara a Minha Nação!!!

Logo da Minha Igreja